domingo, 29 de junho de 2008

o Erro de Descartes

O neurologista português Antônio Damásio, da Universidade de Iowa, é um dos principais defensores de que escolhemos as coisas com base na emoção e não na razão. Ao contrário do que o filósofo imortalizou "Penso, logo existo", a tomada de decisão do ser humano está diretamente ligada a capacidade de sentir. 
Sinto, logo existo.

O erro de Descartes - Emoção, Razão e o Cérebro Humano, por Antônio Damásio. (Companhia das Letras)

Nenhum comentário:

Postar um comentário